, , ,

Eu até poderia ser vegano, mas o queijo…

Eu sempre gostei muito de leite. Muito. Era normal pra mim voltar da escola, abrir uma caixa de leite de 1 litro e acabar com ela durante a tarde. E isso valia pra qualquer laticínio, sempre gostei.

Porém, contudo, todavia…Não, os queijos nunca me fizeram perder o sono quando comecei a pensar em me veganizar. Manteiga, sim. Sou cozinheira. Esses últimos anos me mostraram que essa é minha vocação. E tenho horror a margarina. Então, o ingrediente que sempre mais me preocupou foi a manteiga.

Não me entendam mal, os queijos sempre foram muito apreciados por mim – dos mais normais aos mais fedorentos 😜 Mas depois que descobri sobre o coalho, quén. Travei.

O caso é que ser vegano em Ipojuca, Pernambuco, Brasil é completamente tabu. E na minha família, as pessoas sofrem mais (bem mais) que eu pelas coisas que escolhi não comer.

Isso significa que esses primeiros meses tem sido em busca de provas de que não vou deixar de comer nada que gosto (ou eles, quando vêm me visitar), mas simplesmente trocar ingredientes. Ou fazer os meus próprios. Já fiz pizza, omelete, cachorro quente, estrogonofe, vitamina e por aí vai. E o queijo entra na categoria top priority aqui.

E esse se jogou pra cima de mim sem eu nem ter que correr muito atrás 😁

Vi a Alejandra fazendo no domingo, mas nem planejei me aventurar nele tão cedo. De repente ia fazer uma sopa de inhame na terça à noite e resolvi mudar pro queijo. Peguei o livrinho pra lembrar a receita, fui colocando as coisas, pareceu bom. Coloquei na geladeira e torci pra ficar no ponto. E ficou! Foi tão emocionante! Desenformou direitinho, cortou super fácil e derreteu que nem catupiry! Nem acreditei direito! 😍😍😍

 

Queijo de inhame

 

 

Ingredientes

300g de inhame cozido (cozinho com a casca e depois tiro – pesar sem a casca)

1 xícara (chá) da água do cozimento do inhame

1/4 de cebola grande ou 1/2 pequena

1 colher (chá) de orégano seco

1 colher (chá) de alho desidratado

1/4 colher (chá) de fumaça em pó

1 colher (chá) de sal

2 colheres (sopa) de polvilho azedo

4 colheres (sopa) de óleo vegetal (uso de girassol)

 

Modo de preparo

  1. Cozinhe o inhame em rodelas até que esteja bem macio. Retire as cascas e corte pedaços menores. Use ainda quente (isso é importante pra cozinhar um pouco o polvilho, que não deve ser consumido cru);
  2. Bata no liquidificador ou processador com a água do cozimento até virar um creme macio;
  3. Acrescente a cebola cortada em pedaços médios e todos os temperos. Bata até ficar homogêneo;
  4. Acrescente o polvilho e bata mais uma vez, até incorporar todo o pó e ficar um creminho bem macio;
  5. Vá colocando o óleo aos poucos e batendo sem parar. Se tiver usando o liquidificador, você vai precisar ajudar com uma espátula pra incorporar tudo. Continue acrescentando o óleo até ficar numa textura tipo catupity, meio liguento e meio brilhoso.
  6. Coloque em uma tigela de vidro (com tampa) e deixe na geladeira até o dia seguinte.
  7. Vire ou escorregue em um prato – usando uma tigela de vidro, fui escorregando ele meio de ladinho. Pronto!
Pronto pra ir descansar na geladeira :)

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Pra matar a vontade de quem sente muita falta do queijinho ou pra convencer familiares/amigos/quem seja que é bem possível e delicioso substituir qualquer coisa de origem animal 😉 #govegan

Coma bem muito e seja feliz💚

Bom apetite!

IMG_5809


Warning: stripos() expects parameter 1 to be string, array given in /home/bonsdebi/public_html/blog/wp-includes/formatting.php on line 3391
Share

About ytauana

27 comments on “Eu até poderia ser vegano, mas o queijo…

  1. Patricia Cunha
    12/11/2015 at 8:25

    MEU DEUS!
    VOU FAZER e ai eu conto como ficou!

    =D

    • ytauana
      12/11/2015 at 11:52

      Eba!! Faz, sim! E me diz o que achou! 💚

  2. Camila
    13/11/2015 at 8:34

    Olá, amei a receitei!! Gostaria de saber se posso trocar o alho desidratado por alho normal, ou se influencia no resultado.
    Obg, beijos.

    • ytauana
      13/11/2015 at 9:02

      Oi Camila! Que bom que gostou 😊 Você pode trocar sem problemas, só diminui a quantidade se for usar o alho fresco, Pq o sabor é mais forte e pode se destacar demais.
      Depois volta pra contar o que achou! 😘

  3. Cristielen
    09/12/2015 at 3:02

    O, essa receita deve ser deliciosa. Eu nao possuo balança, qual seria a medida(xicaras) do inhame em purê?

    • ytauana
      20/02/2016 at 16:50

      Oi Cristielen!

      Só agora vi esse seu comentário 🙁
      Não sei te dizer a medida exata por enquanto, mas assim que refizer a receita meço e te digo, ok?
      Volte sempre!

  4. Bruna
    27/03/2017 at 11:07

    o que é fumaça em pó?

    • ytauana
      05/04/2017 at 5:16

      Eh um tipo de tempero com gosto de defumado, vc encontra em emporios. Mas eh opcional! 🙂

      • Margareth
        05/08/2017 at 18:43

        Estava me roendo de curiosidade pr essa resposta!

  5. Marina
    29/03/2017 at 20:06

    Fiquei muito curiosa! Mas não queria usar a casca do inhame…

    • ytauana
      05/04/2017 at 5:15

      Oi Marina, a gente nao usa a casca do inhame mesmo! Tem que descascar antes 🙂

  6. Fernanda
    03/06/2017 at 8:28

    Gosto desta receita vou esperimentar depois dou noticias

  7. Adriana
    03/06/2017 at 21:03

    Meu Deus! O q é fumaça em pó? Rsrs do q é feito isso gente!

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:40

      Desculpa a demora em responder, querida! Mudei de pais e ainda ta tudo uma confusao por aqui 🙂
      Eh um tipo de tempero com gosto de defumado, vc encontra em emporios. Mas eh opcional! 🙂

  8. Renata
    06/06/2017 at 11:19

    Qual o prazo de validade? É de uma semana para comer.

    • larissa
      23/06/2017 at 23:54

      Oi Renata! ja fiz alguns queijos veganos, e sempre durou entre 5 e 7 dias.
      Mas como é só pra mim, corto em 4 e congelo pra não correr o risco de estragar, aí vou comendo as frações.

      • ytauana
        06/08/2017 at 4:41

        Isso mesmo, dura tranquilamente entre 5 e 7 dias 😉
        Obrigada pela resposta, Larissa! :*

  9. Luma
    11/06/2017 at 0:36

    Achei a receitinha super saborosa e interessante,mas eu desconheço fumaça em pó,o que é isso?

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:41

      Desculpa a demora em responder, querida! Mudei de pais e ainda ta tudo uma confusao por aqui 🙂
      Eh um tipo de tempero com gosto de defumado, vc encontra em emporios. Mas eh opcional! 🙂

  10. Jussara Maciel
    03/07/2017 at 22:27

    Adorei a receita, eu e meu filho já tivemos momentos de vegetarianismo e volta e meia nos deparamos com essa questão, mesmo em cidades maiores, como a nossa, ser vegano ainda é difícil, mas com receitas como essa, fica muito mais interessante. Parabéns pelo blog, adorei tbem como escreve.

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:42

      Jussara, querida, desculpa pela demora em responder! Me mudei de pais e a vida ta uma loucura =/
      Muito obrigada pelo comentario carinhoso, volte sempre 🙂

  11. Lazinha Costa
    06/07/2017 at 22:22

    Não curti muito o polvilho azedo, porque não creio que ele chegue a cozinhar só com o contato do inhame quente. Por isso, eu arriscaria cozinhá-lo antes, fazendo um mingau.

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:52

      Oi Lazinha, obrigada pelo comentario interessante!
      Como eu faco com o inhame suuuuper quente e sempre frito ou coloco em sanduicheira depois, sempre achei o suficiente. Mas a tua indicacao de cozinhar a massa depois eh uma boa opcao pra quem quer consumir ele natural 🙂

  12. Cecilia
    07/07/2017 at 14:04

    Olha oleo vegetal e o mesmmo que gordura hidrogenada,ataplha trama do bom collesterol.Agordura animal e seus derivados o corpo assimila.Melhor comer o inhame coziddo de manha.Oleo ee margarina sao um veneno pra saude.Minha vive ate 103 a 108 anos ,sao comredores de carne de porco e gordura.

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:49

      Oi Cecilia!
      Os oleos vegetais nao sao a mesma coisa que a gordura hidrogenada, nao – especialmente os prensados a frio. A gordura hidrogenada passa por um processo de hidrogenação industrial de óleos vegetais (que são líquidos à temperatura ambiente) e as gorduras trans são formadas durante esse processo. Os oleos vegetais sao naturalmente livres de gordura trans e colesterol – que estao presentes em grande quantidade em carnes de todos os tipos e gordura animal.
      Mas, claro, inhame cozido de manha tambem eh uma delicia! 😀

  13. Morgana
    22/07/2017 at 15:38

    Desculpe, mas não sei do que se trata a fuma ça que vc fala nos ingredientes.

    • ytauana
      06/08/2017 at 4:43

      Desculpa a demora em responder, Morgana! Mudei de pais e ainda ta tudo uma confusao por aqui 🙂
      Eh um tipo de tempero com gosto de defumado, vc encontra em emporios. Mas eh opcional! 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *